Por onde começar o adestramento de cães?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Ao comprar um cão sempre queremos ensiná-lo truques como deitar, sentar, rolar, fingir de morto e dar a pata. Ficamos muito orgulhosos do nosso animal quando estas tarefas são cumpridas e adoramos vê-lo feliz. Estas atividades, conhecidas como adestramento, são ações baseadas na repetição do movimento com a finalidade de condicionar um comportamento favorável.

Os cães domésticos são descendentes dos lobos e, por isso tem o comportamento coletivo como se estivesse em uma matilha. Neste contexto, ou ele é o dominante ou é o dominado. Nas matilhas existe sempre o Alfa, que é o líder dos demais lobos. Portanto, desde o início, você deve deixar claro que é você quem manda.Training-for-Dog-Trainers[1]

Os primeiros passos

Existem alguns passos iniciantes para quem quer adestrar o cachorro desde seu nascimento. Para dar início ao treinamento comece com passos pequenos.

Os truques são as primeiras indicações para o seu cãozinho ser adestrado. Para instiga-lo a sentar segure um petisco na frendo do animal e faça movimentos levantando a mão até que ele se sente.

• Para que dê a pata, bata com os dedos em uma das mãos, indicando que pata dele deve ser colocada no lugar apontado.

• E para deitar vá abaixando a mão até que o cão se deite. Para ele entender que isto é o que você espera deles, dê o petisco ao cão no fim da ação. Mas somente no fim.

• Se o animal late excessivamente ele pode estar muito agitado. Portanto para diminuir os latidos, procure fazer atividades que esgote a energia do pet. Leve-o para passear ou para correr e sempre faça estímulos negativos aos latidos para que ele saiba que você recrimina o latido.

• Se o seu cão fica muito agitado quando vê outra pessoa, ou até mesmo você, e começa a pular enfaticamente pise na coleira dele ou jogue um pouco de água no seu rosto, em repreensão.

Preparando o ambiente para adestramento de cães

Adestrar um animal de estimação não é tarefa fácil quando não somos profissionais do ramo. É comum que aqueles que não têm condições de pagar um profissional tentem fazer, de forma amadora, o adestramento de seu animal, mas muitas dúvidas podem surgir no meio deste processo. No caso dos cães, por exemplo, qual a melhor forma de preparar o ambiente? Qual o melhor local? Não basta a paciência e a dedicação, outras medidas, se tomadas, podem tornar o treino mais eficiente, por isto, é fundamental tê-las em mente.

O cachorro tem que se sentir bem

É imprescindível que você conheça o seu cachorro, a raça e o temperamento. Cães de todas as raças e idades podem ser adestrados. Os vira-latas, por exemplo, são notórios por causa de sua sagacidade e inteligência. Ou seja, o primeiro passo, é saber com que tipo de animal você está lidando, para poder dar início ao treinamento. Cada cachorro aprende no seu próprio tempo, o respeito a este detalhe, garante o sucesso de treino.a_dogs_on_lawn-300x225[1]

No que se refere ao ambiente, escolha um local com poucas distrações. Caso, em meio ao treino, o cão receba outros estímulos do ambiente, isto pode afetar sua concentração distraindo-o dos comandos. Um tapete plano, dentro de casa, um jardim com um gramado plano, enfim, um lugar tranqüilo, são locais adequados para o adestramento. Deixe o cachorro brincar um pouco antes de começar, para que esteja descansado e sem energia acumulada.

Sabendo que as dificuldades virão

Caso tenha um filhote ou um animal novo em casa, é importante que respeite a fase de adaptação do pet. Para tal, procure saber de seus hábitos anteriores, como a ração ingerida, e mantenha da mesma forma, por alguns dias, até que o cão se adapte ao novo lar. Neste período é inevitável que algumas coisas lhe fujam ao controle, como o animal acertar o local onde fazer as necessidades. Tenha paciência, aos poucos, ele vai aprender, de acordo com seu comando, onde e quando deve ir. Brinque com o cão para acalmá-lo e sempre tenha água limpa e sempre. Alimente-o bem, regularmente e dê a ele um lugar confortável para dormir.670px-Train-Your-Dog-to-Place-Step-2[1]

A atenção a estas observações fará com que seu cachorro se sinta bem e confortável no ambiente em que se encontra e com você, fator de maior importância para o bom resultado do adestramento. Ter confiança no lugar onde está e com quem está faz do cão, um melhor aprendiz.

Está perdido? Faça um curso

Aqui no portal www.adestracaodecaes.com.br existem alguns artigos que vão lhe ajudar e muito no adestramento do seu cão. Clique nos links abaixo e veja.

  1. Brinquedos que ajudam no adestramento de cães.
  2. A forma correta de recompensar o cão no adestramento.
  3. A forma correta de corrigir o cão.
  4. Seu cão dando a pata.
  5. A arte de ensinar o cão a sentar.
  6. Ensinar o cão a fazer as necessidades no local correto.

É muito comum não saber por onde começar, por isso sugerimos um curso da cursos24horas sobre adestramento de cães. Vá até o banner do curso para ser redirecionado ao curso para aquisição.

Web

  • Iago

    Já tentei adestrar vários cães. Talvez eu esteja começando errado. Queria mais dicas de como começar. Eles não acham meu adestramento atrativo.

  • Olá Iago, entendo sua situação, eu muitas vezes já tive problemas no adestramento de cães, principalmente no inicio da minha caminhada como adestradora amadora.

    Aqui no portal mesmo existem vários artigos que você pode dar uma conferida e ver o que está fazendo errado. Sugiro também tentar o curso que indicamos.

    Como foi falado em um de nossos artigos, as sessões devem ser curtas, se não o cão fica entediado, veja se não é isso que você esteja fazendo errado.

    Espero que o portal o ajude mais e mais.

  • Olá, tenho um Border Collie de 8 meses, e uma Basset de 1 ano em casa.
    To tentando adestrar meu Border Collie, mais ta complicado ele apenas senta, os outros pedidos como dê a pata, ou espere não funcionam.
    Tem alguma relação eu ter outro cão convivendo com ele, que possar estar atrapalhando no desenvolvimento dos ensinamentos ?

  • Olá João Lucas.

    Depende muito de como você trata o outro cachorro. O ideal seria tentar adestrar os dois, pois um cão pode aprender bastante, mas se ver um outro fazendo errado e não ser repreendido, todo esse aprendizado pode ir por água abaixo.

    Obrigada pelo comentário.