Como adestrar um Border Collie

Tempo de leitura: 7 minutos

O Border Collie é sem dúvida uma das raças mais inteligentes do mundo, se não a mais inteligente! São cães que capturam os comandos de forma rápida e precisa. Por isso são cães muito bons para a adestração, inclusive é  muito comum ver cães dessa raça adestrados, fazendo coisas impressionantes e de forma precisa. São cães bastante ativos e, por isso, necessitam sempre de uma ocupação, o que, normalmente, é responsabilidade do dono. São cães sem muitos segredos para serem adestrados, mas existem observações, que inclusive serão citadas aqui, que melhorarão a forma como o Border Collie capta os comandos.

Características físicas e comportamentais

Entre as suas características naturais está a liderança. São alegres, muito ativos, perspicazes, adoram correr, pastorear e perseguir outros animais. Possui estrutura muscular própria voltada para velocidade e resistência. Os cães dessa raça usam o olhar para amedrontar e controlar as suas presas, focando e concentrando-se nelas, com uma postura feroz e intensa, sendo que esse item é uma característica física única. Os Border Collie são capazes de realizar tarefas complexas, tanto com humanos, como de forma independente.

Além de se movimentar com a máxima desenvoltura, ao pastorear ele consegue mover-se rapidamente em posição agachada, imitando o comportamento de um felino. Os Border Collie devem ser criados em ambientes amplos, sendo que se ficarem presos podem ter comportamento muito destrutivo, podendo ficar estressado e triste, pois devido às suas características inatas apresentam comportamento inquieto, precisando muito gastar energia.

Caso fique preso dentro de pequenos ambientes, podem roer paredes, destruir sofás, cavar buracos no quintal, transformando-se em cães barulhentos, impetuosos e entediados. Os cães dessa raça devem ser estimulados mental e fisicamente para que tenham bom relacionamento no ambiente familiar. Se assim não for e eles não focarem os seus instintos de caça em atividades, podem vir a machucar crianças, que, no seu entendimento podem significar presas. Precisam, portanto, de muito espaço e atividades.

Como cão brincalhão e muito ativo, é ótimo condutor de rebanho, sendo que seu principal instinto é correr atrás dos animais, parecendo incansável ao juntar o rebanho e conduzi-lo de volta ao pasto. Os Border Collie podem até ser utilizados como cão de companhia, desde que se consiga uma forma adequada de fazê-lo gastar sua energia. Com pelagem moderadamente longa e lisa, possui uma variedade de cores, que inclui face e orelhas coloridas e uma faixa branca que vai do focinho até o alto da cabeça e que separa os lados direito e esquerdo da face.

Muitos exemplares apresentam uma marcação conhecida como “pirata”, em que um lado da face do cão é colorida e a outra é branca. Pertencente ao Grupo de Cães Pastores e Boiadeiros, costuma lançar um olhar intimidador – fixo e hipnótico, enquanto agacha e aproxima-se arrastando das ovelhas.

Com pelagem moderadamente longa e lisa, possui uma variedade de cores, que inclui face e orelhas coloridas e uma faixa branca que vai do focinho até o alto da cabeça e que separa os lados direito e esquerdo da face.  Sendo um animal de porte médio, sua altura ideal adulta é 53 cm a altura da cernelha. Para dar banho nos cães dessa raça, deve ser colocado algodão em seus ouvidos, para não entrar água, o que pode dar origem a otites. Seu pelo não retém muito a sujeira.

O adestramento do Border Collie

Em primeiro lugar é importante ressaltar que nunca é cedo demais para adestrar um cão. Principalmente cães de raça inteligente, como o Border Collie, a adestração pode ser iniciada cedo, como aos dois meses de idade. É óbvio que os comandos a principio serão simples e nem sempre um sucesso, mas é importante o cão crescer sabendo obedecer para que no futuro não tenha dificuldade nenhuma de realizar comandos mais complexos e que requerem mais atenção.

Além disso, outro fator importante enquanto o cão ainda é filhote, é socializá-lo. Os cães precisam saber, o mais rápido possível, que outros cães normalmente não representam ameaça e isso só será possível se ele for sociável. Essa socialização, inclusive, envolve crianças e pessoas idosas, para que o cão se acostume com essas pessoas e saiba que deve respeitá-las.

Principalmente cães que era usados inicialmente para pastoreio, o Border Collie é uma das raças que gostam bastante de exercícios. Um cão que não têm um dono que compartilhe de seu estilo de vida, pode tornar-se um cão agressivo ou depressivo, por isso é muito importante se exercitar com o Border Collie. Fazer caminhadas, mesmo que sejam curtas, mas diárias, é importante para o relaxamento do cão. Além disso, como nessa caminha ele encontrará pessoas e outros animais, isso ajuda na sua socialização.

Esteja certo que os comandos curtos são importantes para a adestração de cães. Comandos como sente, pare e espere, são os primeiros comandos que o cão reconhecerá e executará. Portanto, é importante ter sessões treinamentos para esses comandos, desde que sejam sessões que não envolvam muito tempo para não entediar o cão. Lembre-se que o cão gosta de exercitar-se e as sessões precisam ser movimentadas, se não fatalmente serão entediantes para eles.

É importante estar sempre disposto a mostrar para o cão que o seu dono é seu líder, e não o  contrário. Para isso, é importante mostrar para o cão que nem tudo o que ele quer é possível ou será permitido. É preciso ter limites. Isso, portanto, ajudará o cão a entender que ele não tem vontade própria e que, nada verdade, seu dono é seu chefe.

Esteja sempre preparado

Muitos fracassam no adestramento de cães, normalmente por simples desmotivação. Acontece que muitos acreditam que a adestração é fácil e rápida, mas na verdade requer semanas e até meses para resultados interessantes aparecerem. Portanto, esteja sempre preparado para as coisas darem errado no começo. Isso permitirá que você não se desmotive de maneira rápida e tenha perseverança. Saiba que o cão, mesmo que de forma lenta, sempre assimilará a adestração, pois são cães muito inteligentes, principalmente o Border Collie.

Adestre um Border Collie você mesmo

Em parceria com o especialista em comportamento canino Hélio Rovay Júnior, cinotécnico há 21 anos e co-fundador da Cachorro Classe A, estamos disponibilizando o curso online e gratuito de adestramento básico para cãesEntendendo a Mente do Cão

Para se inscrever gratuitamente no curso acesse:
http://cachorroclassea.com.br/curso/inscricao-curso-emc

Além disso, aqui no portal www.adestracaodecaes.com.br existem alguns artigos que vão lhe ajudar e muito no adestramento do seu Border Collie. Clique nos links abaixo e veja.

  1. Por onde começar o adestramento de cães?
  2. Brinquedos que ajudam no adestramento de cães.
  3. A forma correta de recompensar o cão no adestramento.
  4. A forma correta de corrigir o cão.
  5. Seu cão dando a pata.
  6. A arte de ensinar o cão a sentar.
  7. Ensinar o cão a fazer as necessidades no local correto.

E se você quer ir além e fazer um curso completo de adestramento, nós indicamos um curso que tem um altíssimo grau de satisfação dos nossos leitores. Clique na imagem abaixo para maiores informações:

Web

  • João 2015

    Comprei um Border Collie. Ainda é filhote. Espore não ter muito trabalho.

  • Matheus

    Acabei de ganhar um casal de Border Collie! Eles têm 7 meses de vida… O macho é super ativo e desinibido, mas a fêmea é um pouco tímida e bastante reservada. Isso pode influenciar no adestramento, principalmente se for feito pela mesma pessoa? Tipo, terei que usar métodos diferentes para cada um? Pois a diferença de comportamento entre os dois é grande.

  • Olá João, desejo boa sorte no seu processo de adestramento de cães.

    Olá Matheus, que ótimo, adoro Border Collies. Interessante você falar disso, pois temos um artigo interessante sobre cães da mesma raça, mas de comportamentos diferentes. Dê uma conferida. É importante socializar o máximo cães tímidos, pois eles podem ficar anti-sociais quando adultos por conta disso. Desejo muita sorte no seu processo de adestramento!

  • WhiterArtz

    Vai Me Ajudar Muito <3.

  • Ana Maria De Queiróz Anastácio

    Boa tarde. Preciso de ajuda com a minha Border Collie. Ela é uma assassina convicta de filhotes.
    Há alguns anos, tipo uns 3 anos, atras ela matou uma pinscher de 40 dias, mais algum tempo depois (ano passado) ela matou um filhote de boxer, e agora esse ano ela matou dois filhotes de yorkshire em menos de uma semana de um para o outro. Ela é muito sociável, não estranha pessoas nem crianças, adora jogar bolinha. Seu único problema são filhotes! O que eu faço pelo amor de Deus?? Ela nunca criou e estou com cirurgia marcada pra ela. Estou pensando que a única solução para se ter filhotes em casa seria a doação dela, o que não desejo.

  • Edmundo

    Boa tarde tranqilo, presiso de ajuda , to tentano adestrar meu border collie de aproximadamente de 3 meses , so qe ele se destrai muito facil , como posso fazer ou oque posso fazer pra mm ter a atensao dele ??
    Wathsapp 12991964637